Um site para quem precisa da Verdade
ARTIGOS
Falando ao coração

Mauro Clark


“Porventura, não nos ardia o coração, quando ELE, pelo caminho, nos falava, quando nos expunha as Escrituras? (Lucas 24.32)

 

O homem acabara de passar pela fantástica experiência de estar com Jesus ressuscitado. Por isso falou com tanta emoção para o colega. Ambos eram discípulos do Mestre de Nazaré. E enquanto caminhavam pela estrada que ia para Emaús, conversavam sobre os estranhos e fortes acontecimentos dos últimos dias.

  

Jesus se reúne a eles e os encontra preocupados, tristes e confusos. Sem reconhecê-lo, eles explicam: era já o terceiro dia desde que o Mestre havia sido morto - para profunda decepção de todos os que o seguiam. Mas não houve tempo nem para se acostumarem com a tristeza e refazerem os planos. Eis que surgira naquele mesmo dia uma novidade extremamente excitante e difícil de acreditar. Umas mulheres chegaram dizendo que encontraram o sepulcro dEle vazio. E isso ainda era pouco comparado com o relato de que viram uns anjos dizendo que Ele estava vivo!

 

Não admira que os dois estivessem tão confusos.

 

Ainda sem se deixar reconhecer, Jesus assume o controle da conversa. Repreende-os pela incredulidade e passa a falar de tudo o que as Escrituras falavam dele próprio.

E aqueles dois homens tristonhos passam a ter o que seria o maior sonho de todo estudante da Bíblia: assistir uma aula de Cristologia, ensinada pelo próprio Cristo!

 

Foi exatamente nesses momentos que passaram pela experiência que relataram logo depois. A pulsação aumentava cada vez que ouviam explicação de alguma passagem que falava do Messias. A alma enchia-se de zelo por Aquele que um dia viria salvar Israel. O coração ardia de amor por aquele que viria se oferecer pelos pecados do mundo. Alguma coisa muito forte e especial estava acontecendo ali entre os três.

 

Ao se aproximarem da casa deles, os dois convidaram o desconhecido a participar da refeição com eles. Na singela e íntima ceia que se seguiu, ao abençoar e distribuir o pão, Jesus finalmente se deu a conhecer.

 

Antes mesmos que os dois caíssem aos seus pés, maravilhados, Jesus desapareceu.

 

Olhando um para o outro, contentaram-se em identificar o motivo pelo qual haviam sentido aquela estranha e agradável sensação, quando Ele falava pelo caminho.

 

Agora estava explicado: era Ele - o querido profeta Nazareno! Ele morrera dois dias antes mas agora - as mulheres e os anjos tinham razão - estava vivo!

 

É isso mesmo: se Ele apareceu pessoalmente, é porque estava vivo! Essa espantosa notícia precisava ser espalhada. E depressa. Levantaram-se e voltaram para Jerusalém, de onde mal acabavam de chegar...

 

Jesus expôs as Escrituras, o coração dos dois homens ardeu. E na verdade - guardadas as proporções -, corações sensíveis sempre arderão, cada vez que as Escrituras foram abertas e ensinadas por qualquer um que tenha o Espírito de Cristo e fale em nome dele.

 

É por isso que vibro com o ministério que tenho recebido de Deus há quase quarenta anos: falar aos corações!

 

Nunca tive a menor intenção de tentar disseminar idéias pessoais. Meu grande objetivo tem sido expor as Escrituras, da maneira mais séria e comprometida que puder fazê-lo.

 

Meditações que procuram tocar a alma, que mexam com sentimentos e emoções, fazem parte do nosso material. 

Parte do que Jesus falou aos discípulos de Emaús era pura teologia, e isso não impediu que o coração dos dois ardesse. Aliás, eu diria mesmo que contribuiu para aquela sublime experiência.

 

Tenho tentado expor as Escrituras de maneiras variadas: pregações de forte teor teológico, ensinos leves e exortações práticas, meditações, artigos evangelísticos, pensamentos sobre a atualidade e outras mais. Considero de importância secundária a forma que será apresentada.

 

Nas minhas abordagens, quer eu trate de história, ciência, política, família, teologia, vida pessoal, ou qualquer outro assunto – se for fiel ao mais puro ensino da Bíblia, estou convicto de que falei aos corações. E com a ajuda do Espírito Santo, esses corações arderão.

 

E Cristo será exaltado!

 

 

 

 

 



Ministério Falando de Cristo
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." (1 Co 1.24b)
Copyright 2004-2012. Todos os direitos reservados. http://www.falandodecristo.com