PREGAÇÃO

A lembrança desse pecado não me deixa! (Série GÊNESIS 37 de 55)

Gn 32.1-21 Gn 33.1-20      38 minutos      15/01/2017         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close A lembrança desse pecado não me deixa! (Série GÊNESIS 37 de 55)
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior

Jacó retorna de Padã-Arã, para onde tinha fugido 20 anos antes,  com medo de Esaú.

 

v.1-8

Jacó mandou recado amigável. Esaú, sem responder, vem pessoalmente sem dizer nada.

E agora? Com que espírito viria Esaú? Jacó angustiou-se com medo.

 

Vinte anos depois Jacó ainda sofre com o seu pecado!

Talvez no exílio pensou várias vezes em voltar, mas medo do irmão o fez desistir.

 

As conseqüências do pecado podem ser muito profundas. Davi: Sl 40.12

Muitos sofrem meses, anos, a vida toda, por causa de um único pecado.

Exemplo: Davi com Bate-Seba.

 

O problema de Jacó continuava bem vivo, e tinha que ser resolvido - agora e diretamente.

O que fazer? Ele estava morrendo de medo do irmão.

 

v.9-12

Bela oração: daria uma mensagem. Apenas resumo:

* Lembrou: era uma continuidade das promessas a Abraão e Isaque.

* Lembrou que estava voltando porque Deus mandara (31.3).

* Reconhece o quanto Deus o abençoara e se confessa indigno.

* Diz exatamente o que queria e o motivo do pedido: medo.

* Termina lembrando que tinha promessas específicas de Deus para ele.

 

Quando tiver algum problema ore a Deus. - Tg 5.16b

Não há restrição quanto ao que podemos pedir a Deus. É geral!

 

Pronto, já tinha orado, agora iria em frente e fosse “o que Deus quisesse”. Certo? Não.

 

v.13-21

Princípio básico no trato com Deus: Ele ajuda quando não é mais possível ao homem.

Ao aplicar esse princípio, Jacó deu um show de inteligência, diplomacia e prudência.

 

Além de orar, faça o que puder, use o máximo de inteligência, jeito, bom senso, etc.
Não adianta o crente orar insisitentemente mas na hora de agir no que pode, faz “corpo mole”, dizendo: "Mas eu já orei; Deus é poderoso!"

Poderoso Ele é, mas não muito disposto a ajudar o preguiçoso!

 

(v.22-32: Deixarei para mensagem à parte o episódio da luta de Jacó com Deus).

 

33.1-11: Encontro tocante dos dois irmãos.

Quase vemos a cena: Jacó abaixa-se cuidadoso, várias vezes.

Esaú não esperou Jacó chegar até ele: correu e o abraçou. Mas parece que o abraço foi pouco, lançou-se ao pescoço e o beijou. Ambos choraram.

Após as apresentações, Jacó insiste e consegue que Esaú receba os presentes que ele tinha mandado na frente.

 

Veja como Deus respondeu a oração de Jacó de maneira fortíssima, mudando o coração de Esaú (antes queria nada menos que matar o irmão).

 

Que nos sirva de incentivo quanto a pedidos ousados a Deus.

 

v.12-20

Jacó não estava à vontade com Esaú (mesmo sem medo).

Não sabemos até que ponto foi sincera a desculpa para não seguir com Esaú.

O fato é que se separaram.

Motivo forte: Esaú morava em Seir, fora de Canaã; Jacó era herdeiro da promessa.

 

Mas é visível a falta de intimidade. Jacó ficou de ir para Seir depois.

Não sabemos se deu a entender que iria morar lá ou se apenas disse que iria visitá-lo lá um dia - o que pode até ter feito.

Bíblia registra apenas mais um encontro entre os dois: no enterro do pai Isaque, uns 7 anos depois.

 

Só o fato de um ser crente e o outro não, explica a falta de intimidade entre os dois.

Além do mais, parece que o tempo corroeu a possibilidade de pazes mais bem feitas.

 

Quando tiver pendência com alguém, resolva logo que possível: Mt 5.23-26

“Dar um tempo” pode ser apropridado e prudente. Mas não sempre.

Adiar como desculpa para falta de coragem, comodismo, etc., não é boa ideia.

Deixar uma pendência “congelada” por muito tempo pode criar marcas difíceis de apagar.

 

Que Deus nos abençoe com essas lições. Amém

Mauro Clark, 70 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2022
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2022 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b