PREGAÇÃO

INFERNO

Lc 16.19-31      67 minutos      14/08/2022         

Mauro Clark


headset Ouça
cloud_download Baixe
print Imprima
pregação close INFERNO
volume_upReproduzindo o áudio na barra inferior

História verídica ou parábola? Não sabemos. Talvez fato real, porque deu nome ao pobre.

Seja como for, dois ensinos aqui:

1. Há dois destinos (céu e inferno)

2. O valor das Escrituras.

Nossa ênfase hoje: INFERNO.

 

Jesus não disse o que cada um fez para ter destinos diferentes, apenas enfatiza o FATO dos dois destinos totalmente diferentes.
Pela  Bíblia sabemos que todos nascem condenados e a salvação é pela fé em Cristo.

O fato de Abraão ter argumentado que o rico já recebera os bens em vida, não significa que ele foi para o inferno por causa disso.

Apenas concluímos que ele não soube utilizar os bens para adorar a Deus que os dera. Da mesma forma, Lázaro não foi para o céu por ser pobre e ter recebido males na terra.

Mas, apesar dos males, foi temente a Deus em vida.

 

Talvez essa seja a passagem bíblica que dá mais informações sobre o inferno.

Não sabemos até que ponto as descrições são literais ou apenas figurativas.

Mas mesmo sendo figurativas, são figurativas de alguma coisa real.

Dor de cabeça como martelo batendo. Martelo é figura descrevendo a dor, que é real).

O INFERNO é real, embora a maneira de descrevê-lo possa ser figurativa.

 

Jesus descreve o sofrimento desse pobre homem de modo tão vívido que dá pena.

Informações sobre o inferno no texto:

1) Tormento

Grego: doença, sofrimento, tortura.

O NT sempre deixou claro o quão terrível será o sofrimento eterno.

 

Embora o texto só fale do fogo, o inferno é representado no NT por três figuras:

1. Fogo: ... estou atormentado nessas chamas...

Fornalha acesa: Mt 13.49-50

Fogo que nunca se apaga - Mc 9.43

Você já queimou a ponta de um dedo?

2. Trevas: Mt 8.12; 2Pe 2.17

O que significa? Todo mundo cego, sem ver nada? Talvez não (o rico enxergava).

Pode ser a terrível sensação de solidão.
Muita gente tem pavor de escuridão: medo, insegurança. Mas o pior do escuro é a sensação de estar só, sem apoio.

No infermo não haverá mais uma palavra de conforto; não mais uma mão amiga, não mais olhar de compreesão.

O perdido não verá ninguém por perto.

E mesmo que houvesse alguém, como o apoiaria, estando na mesma situação?

Interessante: “Para fora, nas trevas” ou “Trevas exteriores
Fora do reino de Deus, fora de tudo o que Deus preparou para quem O agrada.
O inferno não foi criado para o ser humano, mas para o Diabo e seus anjos - Mt 25.41

 

3. Verme que não morreMc 9.47-48

Não sabemos exatamente do que se trata, mas não será nada agradável.

Consequências de estar no inferno:

I. Choro e ranger de dentes – Mt 8.12

Você já chorou de desespero? Situação tão angustiante, que você só fazia chorar?
II. Sede: ... Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua...

 

Evidentemente no inferno tudo será muitíssimo MAIS INTENSO.

As comparações com as coisas daqui dão apenas vaga idéia do que será.

 

2) Noção do que acontece no céu  - ler v. 23-24

Susana doente, de madrugada, e festa no vizinho com música, risos: o constraste trouxe uma tristeza extra.

Devia ser algo assim, muito mais doído, que aquele ex-rico se sentia vendo Lázaro.

 

3) Ânsia de misericórdia

Tem pessoas que de tão ORGULHOSAS não querem que outras sintam pena.

Jamais pensam em pedir misericórdia.

Parece que no inferno vão aprender a pedir compaixão.

 

4) Ânsia de alívio

Nunca esqueci a angústia que senti por água durante uma crise de vômito e desinteria.

Como será no inferno?

 

Abraão negou o pedido, com dois argumentos: mais três informações sobre o inferno:

5) Capacidade de lembrar o que houve na terra

Lembra-te: Além da tortura pela lembrança de cada mal, também recordar a recusa de ter aceito o Evangelho, tantas vezes oferecido.

 

6) Impossiblidade de obter qualquer coisa boa - v.25.

Imagine você acordar e pensar: tenho certeza de que hoje nada de bom me acontecerá?

 

7) Não há ligação entre o inferno e o céu

Já vimos que ninguém no inferno recebará ajuda de outra que esteja lá.

E nem recebará também qualquer ajuda do céu.

E como desejará!

E mais: a alma no inferno será obrigada a se dobrar perante Jesus Cristo (Fp 2.10-11), ou seja, irá adorá-lo, mas não receberá qualquer retorno dEle.

 

C.S.Lewis: Pergunto aos que se opõem à doutrina do inferno: o que você quer mais de Deus? Que Ele perdoe os seus pecados e lhe dê um novo começo? Ele já providenciou isso! Você aceita?

Quer que Ele lhe ofereça um opção ao inferno? Ele faz isso. Você aceita?
Por fim, quer que Deus lhe deixe sozinho? Infelizmente, é isso mesmo o que Ele fará.

 

v. 27:

É de dar pena: o homem não insiste, pois compreende que não adiantará pedir.

E passa a pedir outra coisa: pela família dele. (Não vamos comentar).

Como será terrível o inferno.

E pensar que todo homem já nasce condenado ao inferno!

Para ir ao inferno não precisa tomar decisão alguma, apenas continuar como nasceu!

Ou seja: egoísta, fazendo a própria vontade, rejeitando tudo o que vem de Deus.

 

C.S.Lewis:

Só há dois tipos de pessoas: Os que dirão para Deus: “Seja feita a Tua vontade” e aqueles para os quais é Deus quem dirá: “Seja feita a TUA vontade”, e os deixará seguir para o inferno.

 

A Bíblia diz que os anjos se alegram no céu quando um pecador se arrepende (Lc 15.10)

Talvez alegria não apenas por entrar alguém no Reino, mas por ter escapado do inferno.

Talvez os anjos tenham mais noção do horrores do inferno do que os homens.

Pela atitude da maioria aqui na terra, parece que o inferno tem ar condicionado!

 

É tão cômodo dar de ombros e dizer: “Não creio no inferno”.

Mas cuidado: sabem quem mais falou de inferno? Jesus Cristo!

 

E Ele pode falar: morreu para que pessoas não fôssem para o inferno.

 

Todo ser humano deve fazer o que estiver ao seu alcance para escapar do inferno.

Imagine-se arrancando o próprio olho com um canivete. Ou cortando a sua mão com um facão. Pois bem, é melhor isso do que ir para o inferno - Mt 5.29,30

 

Termino uma citação que Chuck Swindoll fez do sermão de um pregador:

“E para os da esquerda Cristo dirá: apartai-vos de mim para as trevas eternas, para baixo, para o abismo sem fundo. E os iníquos como pedras de chumbo começarão a cair; dias e noites caindo, até serem tragados pela boca preta e vermelha do inferno quente. Muito tarde agora, pecador, muito tarde agora. Adeus, pecador, adeus. Para o inferno, pecador, para o inferno, além do limite do amor de Deus. E ouvi uma voz: Tempo, tempo, tempo não mais será. Tempo, tempo, tempo não mais será. E o sol apagará como uma vela ao vento... Os céus se enrolarão como uma cortina, e com o pêso da Sua mão Deus eliminará o tempo e colocará em andamento as rodas da eternidade. Onde você estará, pecador???

Que Deus nos abençoe. Amém

 


Mauro Clark, 70 anos, pastor, pregador e conferencista, foi consagrado ao ministério em 1987. Iniciou em 2008 a Igreja Batista Luz do Mundo, que adota a posição Batista Regular. Mauro Clark é também escritor. Produziu artigos em jornal por dez anos e tem escrito vários livros de orientação e edificação cristã. Em 2004 instituiu o Ministério Falando de Cristo.
FalandodeCristo © 2004-2022
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus."
1 Co 1.24b
close
Ministério Falando de Cristo © 2004-2022 - www.falandodecristo.com
"... pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus." 1 Co 1.24b